Tour do Rio: Rio de Janeiro - Angra dos Reis (1ª etapa)


A exatos 365 dias da abertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, teve início no Rio de Janeiro a maior competição ciclística de estrada da América Latina, o Tour do Rio.


No primeiro dia, 147 Km entre a cidade maravilhosa e Angra dos Reis, no litoral sul do estado. Um percurso considerado plano, porém com umas subidas e descidas marotas, que poderiam atrapalhar o pelotão, incluindo uma meta de montanha de categoria 3, no km 109,1.


As duas metas volante localizaram-se nos km 54,5 e 72, antes do início da série de subidas do dia.



O caminho pelo litoral, na Barra da Tijuca, foi neutralizado pela polícia e pelos batedores, uma apresentação dos ciclistas e da prova ao público ali presente. Quando foi dada a largada para valer, o atleta Nicodem Habiyambere, da Seleção de Ruanda, logo após a sinalização. Mas Habiyambere não durou muito tempo na frente e foi neutralizado.


Mais a frente, Alessandro Mazzi (Petroli Firenze) e Javier Gomez (EPM-UNE) tentaram outro ataque e abriram uma boa vantagem para o pelotão. Já na rodovia Rio-Santos, a fuga ganhou mais cinco ciclistas que saltaram do pelotão.


Porém, os colombianos da EPM-UNE começaram a colocar um passo forte na cabeça do pelotão, e foi questão de tempo para que os escapados fossem neutralizados. O próprio pelotão sofreu com o ritmo dos colombianos, e muita gente acabou sobrando. Cerca de 30 ciclistas passaram a formar o grupo da frente na prova.


Novos ataques se sucederam na ponta da prova, até que se formou um grupo de sete atletas, posteriormente com mais quatro se juntando para realizar a fuga final. Dentre eles, cinco dos seis atletas da EPM-UNE: Javier Gomez, Juan Suarez, Edward Beltran, Robigzon Oyola e Jaime Castaneda. Além dos colombianos, faziam parte dos escapados Edgardo Simon (Padaria Real-Caloi-Céu Azul), Renato Seabra (Clube Datarô/Foz do Iguaçu), Antonio Nascimento (Funvic/Pindamonhangaba), Marco Coledan e Andrei Nechita (Trevigiani).


O grupo citado acima abriu um grande tempo para o pelotão, que venho acelerando nos quilômetros finais para tentar diminuir a diferença. Até conseguiu diminuir, mas a vitória ficaria mesmo na fuga, com o argentino Edgardo Simon, no sprint final.

Simon somou dez pontos pela vitória na etapa, somados com os cinco de sua passagem em primeiro na derradeira meta volante, se torna o líder por pontos também. Alessandro Mazzi passou na frente na primeira meta de sprint do dia.

Na única meta de montanha do dia, o romeno Andrei Nechita foi o mais rápido a completar a subida de categoria 3, somando assim seis pontos e é o líder das montanhas.





por Aldir Junior (@aldirjunior)

Posted by Aldir Junior de Sales Gomes on 7/27/2011 09:28:00 PM. Filed under , , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0
 

Inscreva-se em nossa newsletter

2010 BlogNews Magazine. All Rights Reserved. - Designed by SimplexDesign