Prefeito de Macaé é suspeito de fraude em licitações e tem bens bloqueados



Prefeito de Macaé envolvido em suspeitas de fraude em licitações. Foto: Reprodução
 O prefeito de Macaé, Riverton Mussi (PMDB), teve os bens bloqueados após investigação do Ministério Público Estadual. O juiz Felipe Carvalho Gonçalves da Silva determinou que além de Riverton, as contas bancaárias de Milmar Madureira Pinheiro (ex-secretária de educação de Macaé), João Luis de Faria (pregoeiro oficial da prefeitura) e Leda de Lima (ex-subsecretária).

A suspeita é de que em 2006 houve fraude no processo de licitação na contratação de empresas de transporte público da cidade. A empresa Alocar Turismo tem como sócio majoritário Alcides da Conceição Junior e a Expresso Macaé Transportes Rodoviários, Alcir Esteves da Conceição, que são irmãos, havendo indícios de que os dois formam o mesmo grupo econômico.

As empresas envolvidas no suposto esquema tiveram as contas bloqueadas. A suspeita é de que houve fracionamento de despesas. Caso condenados, os suspeitos podem responder pelos crimes de enrequicimento ilícito, improbidade administrativa e atos administrativos.

por Aldir Junior
fonte: Expresso Regional

Posted by Aldir Junior de Sales Gomes on 8/12/2011 06:23:00 PM. Filed under , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0
 

Inscreva-se em nossa newsletter

2010 BlogNews Magazine. All Rights Reserved. - Designed by SimplexDesign