Obras de restauração e infra estrutura serão financiadas pelo Iphan

Qussamã, no norte do estado, abriga um dos maiores patrimonios históricos do estado do Rio de Janeiro. Foto: Casa Quissamã, uma das principais estruturas históricas do município. Crédito da foto: Viegame e Sabor


Postado por Aldir Junior de Sales Gomes - Conceição de Macabu/RJ

Fonte: O Globo

O Iphan (Instituto do Patrimonio Histórico e Artístico Nacional - RJ) recebeu em sua sede representantes de 15 prefeituras de todo o estado para concluir as propostas das cidades que fazem parte do Plano de Ação Para as Cidades Históricas.
As 15 cidades contempladas com o "PAC das cidades históricas", como é chamado o Plano de Ação Para as Cidades Históricas, são: Rio de Janeiro; no sul do estado: Angra dos Reis, Mangaratiba, Paraty, Quatis, Rio Claro, e Vassouras; na região serrana: Duas Barras, Petrópolis e Santa Maria Madalena; na região dos Lagos: Cabo Frio e São Pedro da Aldeia; e no norte do estado: Quissamã e Casimiro de Abreu. Essas cidades foram selecionadas no meio dos 30 municípios que se inscreveram no programa. Essas cidades selecionadas receberão investimentos para a restauração, ampliação de obras de infraestrutura e valorização de acervos históricos. A quantia investida será de cerca de R$600 milhões por ano em cem cidades de todo o país, segundo disse Manoel Vieira, assessor do Iphan-RJ.

Posted by Aldir Junior de Sales Gomes on 10/17/2009 12:09:00 PM. Filed under , , , , , , , , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0
 

Inscreva-se em nossa newsletter

2010 BlogNews Magazine. All Rights Reserved. - Designed by SimplexDesign