Detro reduz em R$ 0,25 preço da passagem Macabu x Macaé x Macabu; População continua insatisfeita

Ônibus da Transportadora Macabu. Foto: Reprodução
Há tempos moradores de Conceição de Macabu contestam os altos preços praticados pela Transportadora Macabu pela passagem de ônibus entre a cidade e Macaé. Com um grande número de residentes em Macabu que necessitam de ir até o município vizinho para trabalhar na cidade vizinha, o valor de R$ 7,25 cobrado nas passagens em ônibus comuns costuma pesar no bolso dos macabuenses.

A tarifa referida anteriormente era cobrada nos ônibus comuns de duas portas que constantemente lotados e desconfortáveis. Nos veículos tipo "executivo" o preço chega a R$ 9,25. Insatisfeitos, moradores organizaram um protesto na última quinta-feira (26) em frente a Câmara Municipal e posteriormente tinham a intenção de fechar a BR 101.

Após ofício encaminhado pelo poder público municipal e de quatro vereadores o Departamento de Transportes Rodoviários (DETRO) entrou em negociação com a empresa de ônibus para tentar reduzir o preço das passagens.

“Sobre o custo da viagem de Conceição de Macabu para Macaé, convocamos a empresa para buscar uma maneira de reduzir a passagem, a fim de beneficiar a população. Eles nos apresentaram seus balanços financeiros, argumentando que não era possível nenhuma redução. Entretanto, insistimos na necessidade da empresa de fazer um esforço de rever o valor da tarifa, para atender os usuários da região. Depois de muita negociação conseguimos convencê-los a abaixar R$ 0,25 que representa uma economia anual de R$ 180”, disse João Casemiro, diretor técnico operacional do órgão.

Assim sendo, a partir da última segunda-feira (30) a tarifa cobrada pelo percurso Conceição de Macabu x Macaé x Conceição de Macabu mudam de R$ 7,25 para R$ 7,00, além de Curato de Santa Catarina e Macaé passam de R$ 7,20 para R$ 6,95. Brejo Grande - Macaé de R$ 5,45 para R$ 5,25. Macaé ao Trevo dos 40 de R$ 4,50 para R$ 4,35, e Brejo Grande – Conceição de Macabu de R$ 3,80 para R$ 3,65 por viagem. Esta promoção irá valer por 180 dias, podendo ser renovada por igual período posteriormente.

Entretanto, Ricardo Charles, líder do protesto contra os altos valores das passagens, não ficou satisfeito com a redução de R$ 0,25 e acusou os envolvidos de utilizarem a causa como manobra política.

"R$ 0,25 não adianta, a passagem tem de ser no máximo R$ 5,00. O povo está revoltado, isso tudo foi uma manobra política, a empresa recupera esses R$ 0,25 com a redução de horários e super lotação."

"Se fosse para abaixar R$ 0,25 falaria com o dono da empresa, tem que ser de acordo com as condições dos passageiros e da cidade, falida, dormitório, aonde todos dependem de Campos e Macaé para trabalhar, médicos, exames, hospitais, faculdades, cursos técnicos, etc. Antes ela [a prefeita Lídia Mercedes, a Têdi] ficasse quieta. Mandou um ofício para o Detro na véspera da manifestação, porque não fez isso há três anos atrás? Foi manobra para quebrar o movimento", declarou.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Conceição de Macabu

Posted by Aldir Junior de Sales Gomes on 1/31/2012 05:18:00 PM. Filed under , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0
 

Inscreva-se em nossa newsletter

2010 BlogNews Magazine. All Rights Reserved. - Designed by SimplexDesign