Municípios do Rio de Janeiro sufocados por lixões

Postado por Aldir Junior de Sales Gomes - Conceição de Macabu/RJ

Fonte: Terra


Mais da metade dos 92 municípios do estado do Rio de Janeiro convivem com o encômodo de ter em seu território um lixão, aonde, muitas das vezes, pessoas e até famílias inteiras convivem no meio do risco de contaminação pelo chorume e por doenças transmitidas por porcos e ratazanas em contato com o lixo em decomposição.

A dimensão do problema é enorme, mas só agora um estudo e mapeamento da situação foi realizado pela Secretaria Estadual do Ambiente. Segundo a secretária estadual do Ambiente, Marilene Ramos, o estudo que mapeou como é feita a gestão de limpeza urbana do Estado do Rio de Janeiro também apontou soluções, como a construção de mais oito aterros sanitários, que junto com os aterros privados, irão resolver de forma definitiva o problema do lixo nos municípios fluminenses.

O problema se agrava ainda mais porque apenas seis municípios possuem aterros sanitários licenciados, são eles: Nova Iguaçu, Piraí, Rio das Ostras, Santa Maria Madalena, São Pedro da Aldeia e Macaé. Mais da metade, 52 municípios do estado, depositam os seus resíduos em aterros próprios ou de vizinhos.

Tecnicos da Secretaria Estadual do Ambiente constataram desperdício do dinheiro público em muitos municípios, como usinas de triagem e compostagem, que transformam lixo orgânico em adubo, fora de operação, em abandono total. Nos últimos 20 anos, foram gastos R$ 150 milhões em todo o Estado do Rio para acabar com os lixões.

Esse foi o primeiro passo do Plano Estadual de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos. A segunda parte do plano será o inventário do potencial energético dos aterros, aonde as prefeituras poderão receber verbas providas da queima do Metano, gás que é solto de matérias orgânicas em decomposição, e emite 21 vezes mais calor para o efeito estufa do que o carbono.

Cinquentea e três municípios fluminenses se uniram para montarem aterros consorciados que vão substituir os lixões, são eles: Costa Verde (Angra dos Reis), Agulhas Negras (Resende), Vale do Café (Vassouras), Centro Sul (Paracambi), Serrana I (Teresópolis), Serrana II (Três Rios), Norte Fluminense I (Quissamã), Região dos Lagos (Saquarema), Noroeste Fluminense I (São Fidélis) e Noroeste Fluminense II (Itaperuna).



Posted by Aldir Junior de Sales Gomes on 4/23/2010 11:35:00 AM. Filed under , , , , , , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0
 

Inscreva-se em nossa newsletter

2010 BlogNews Magazine. All Rights Reserved. - Designed by SimplexDesign